Decreto transfere pagamento do Difal para março - GO

 :
A Secretaria da Fazenda encaminha ontem (5/2) minuta de decreto ao governador Marconi Perillo transferindo o pagamento do Difal (Diferencial de Alíquota) do Simples Nacional para 1º de março de 2018, o que dá um mês adicional para os contribuintes se organizarem. Inicialmente eles deveriam pagar a diferença em 1º de fevereiro, mas a ampliação do prazo foi solicitada pelo Fórum Empresarial à Sefaz.

Através da negociação, também foi possível reduzir o Difal, além de conceder o prazo extra para o pagamento. No cálculo foi incluído o benefício de 11% já concedido aos atacadistas em geral, independente do porte das empresas, o que fez o Difal ser reduzido para 4,49% na maioria das operações interestaduais e para 7.87% na comercialização de produtos importados. O decreto deve ser publicado em breve no Diário Oficial do Estado (DOE).

De maneira geral esse decreto beneficiará diretamente os contribuintes goianos uma vez que haverá uma relaxamento maior para o prazo inicial e para evitar problemas de adequações.

Enfim como é sabido por todos, o primeiro semestre de 2018 vem recheado de obrigações acessórias para os contabilistas de forma que qualquer aumento de prazo significa ganho de produtividade.

Fonte: Sefaz GO
Contato
Email:

contatocellim.com.br

Fone:

11.4121.3400

Endereço:

Rua Santos Dumont n.º 168, Conjunto 22
Centro - São Bernardo do Campo/SP

Ver no Waze


Novidades
  • A retificação é a melhor saída
  • Cancelando a CT-e - Veja aqui como agir diante desta situação!
  • Empregador que não registrar funcionário poderá pagar multa maior, dobrada e proporcional ao porte da companhia
  • Eleições 2018: Resolução do TSE aumenta oportunidade de trabalho para contadores.
  • Simplificação do PIS/Cofins deve ir ao Congresso em maio, diz ministro
  • CAE prepara 2ª Edição do Exame de Qualificação Técnica - Perícia Contábil
  • Sem MP, polêmicas da reforma trabalhista devem ir à Justiça
  • Ampliar saque do PIS/Pasep está dentro de projeção, diz Dyogo Oliveira
  • MP da Reforma Trabalhista pode perder valor. Veja o que muda na sua vida
Redes Sociais