A conciliação contábil e o papel da automatização

 :
Atualmente, soluções inovadoras que chegam ao mercado como plataformas, oferecem a oportunidade de que empresas possam conciliar contas e exercícios contábeis de forma bastante ágil, eliminando a possibilidade de erros manuais e, evitando assim, longas jornadas de trabalho.

Isso ocorre graças a automatização de processos tanto da área contábil, quanto da área fiscal e da possibilidade que a ferramenta oferece de consolidar um grande volume de informações, transformando dados brutos em instrumentos essenciais para o planejamento e tomada de decisões de um negócio.

É um ganho triplo que envolve melhor aproveitamento do tempo, otimização de processos e redução de custos e retrabalho, uma vez que, segundo levantamento recente da EY, conciliações manuais são capazes de aumentar em até 59% os custos de um departamento financeiro. Por sua vez, ao adotar uma plataforma, a redução de custos dos processos de uma empresa gira em torno de 70% a 80%. Nesse momento surge a questão: O que fazer para simplificar a gestão contábil? Nós comentamos aqui cinco itens estratégicos.

Inicie um processo de transformação digital na empresa como um todo - O primeiro de tudo é iniciar um processo de transformação digital de sua empresa. Só com o entendimento da importância dos conceitos de inovação e automação, é que se torna possível explorar todo o potencial das informações contábeis de seu negócio de modo ágil e eficaz.

Além disso, quando adotamos um sistema de conciliação contábil, devemos inserir nossas equipes em um contexto de abertura para a mudança de processos que permita análises mais inteligentes das informações contábeis e a quebra de rotinas antiquadas capazes de gerar retrabalho e erros manuais.

Automatize a área contábil - Dado o início de um processo de transformação digital, o próximo passo consiste em automatizar as rotinas mais operacionais de uma área contábil, incluindo a etapa de conciliação contábil, conforme comentamos acima.

Invista em ferramentas capazes de extrair todo o potencial de seus dados - não basta automatizar processos, é preciso escolher as melhores soluções, aptas a transformar as informações contábeis de seu negócio em poderosos instrumentos estratégicos de onde será possível desenvolver, por exemplo, análises inteligentes de grandes volumes de dados.

Adote uma mentalidade paperless - Reduzir o uso de papel em seu negócio é uma atitude positiva não só do ponto de vista da sustentabilidade, mas também em relação a eliminação de custos com planilhas, preenchimentos manuais e reconciliações advindas de falhas nos preenchimentos de seus exercícios contábeis.

Utilize o potencial de profissionais para a tomada de decisões estratégicas - Profissionais antes presos em rotinas operacionais têm a possibilidade de mesclar conhecimentos contábeis com inovação e auxiliar gestores, por meio de uma visão mais ampla e detalhada do negócio, sobre como implementar mudanças, aproveitar melhor os recursos e, em suma, participar diretamente dos processos de tomada de decisões de uma companhia.

Por fim, podemos listar algumas vantagens surgidas com a simplificação e automação de uma gestão contábil:
- Maior autonomia e direcionamento de equipes para o core business do negócio;

- Economia de até 75% com gastos sobre reconciliações;

- Padronização nos processos de fechamento contábeis;

- Maior controle informacional e aproveitamento dos dados do negócio;

- Ganhos em escalabilidade e otimização do desempenho empresarial.

Sua empresa está pronta para o futuro?

Luiz R. Cascaldi é Chief Marketing Officer na Dattos, regtech especializada em integração de dados, gestão e automação de processos de conciliação (contábil, fiscal, bancária, ativos e de dados).

Fonte: Dattos
Contato
Email:

contatocellim.com.br

Fone:

11.4121.3400

Endereço:

Rua Santos Dumont n.º 168, Conjunto 22
Centro - São Bernardo do Campo/SP

Ver no Waze


Novidades
  • Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese
  • Condições e documentos para saque do FGTS
  • STJ afirma que negócio de cooperativa com terceiro recolhe ISS
  • Optantes pelo Simples Nacional podem aderir ao Parcelamento Especial de débitos
  • Se tabela fosse corrigida, só pagaria imposto quem ganha acima de R$ 3.556
  • Riscos e desafios do sistema sindical
  • Empresas podem ser obrigadas à atestar participação de estagiários em suas atividades
  • Deixar de pagar imposto declarado não é crime fiscal, é inadimplência, decide STJ
  • Alteração no regulamento do FGTS possibilita saque para aquisição de próteses ou órteses para trabalhadores com deficiência
Redes Sociais