ABERTURA E LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Foto: 1

Consiste em proceder a abertura ou legalização da empresa junto aos orgãos competentes, sejam eles, Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas, Junta Comercial do Estado, Entidades de Classe, Secretaria da Receita Federal do Brasil, Prefeitura, CETESB, INSS, Caixa Econômica Federal e outros orgãos julgados necessários para o funcionamento da empresa. 

Constituição de Empresas 

  • Elaboração dos atos constitutivos; 
  • Constituição de sociedades empresárias, sociedades simples, S/A, Ltda., cooperativas, associações, fundações, etc; 
  • Registros e arquivamentos nos órgãos competentes; 
  • Regularização junto aos órgãos fazendários e demais órgãos públicos; 
  • Aditivos, atas e documentos afins. 

Reorganização Societária 

  • Reorganização societária objetivando o planejamento sucessório, bem como proteção do patrimônio dos sócios;
  • Planejamentos fiscais, objetivando minimizar a carga tributária; Incorporação ou fusão entre empresas;A transformação de sociedades;
Orçamento Online
Contato
Email:

contatocellim.com.br

Fone:

11.4121.3400

Endereço:

Rua Santos Dumont n.º 168, Conjunto 22
Centro - São Bernardo do Campo/SP

Ver no Waze


Novidades
  • Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese
  • Condições e documentos para saque do FGTS
  • STJ afirma que negócio de cooperativa com terceiro recolhe ISS
  • Optantes pelo Simples Nacional podem aderir ao Parcelamento Especial de débitos
  • Se tabela fosse corrigida, só pagaria imposto quem ganha acima de R$ 3.556
  • Riscos e desafios do sistema sindical
  • Empresas podem ser obrigadas à atestar participação de estagiários em suas atividades
  • Deixar de pagar imposto declarado não é crime fiscal, é inadimplência, decide STJ
  • Alteração no regulamento do FGTS possibilita saque para aquisição de próteses ou órteses para trabalhadores com deficiência
Redes Sociais